WhatsApp Image 2020-09-26 at 20.02.29.jpeg

ISBN: 978-65-99056-10-9
Ano de publicação: 2020
Páginas: 212

 

R$ 39,90

Princípios de Psicologia da Religião

 

Everton Maraldi

 

Tem sido um fato frequentemente negligenciado na história da psicologia científica a importância dada por muitos de seus pioneiros ao estudo dos fenômenos religiosos. Pensadores como William James (1842-1910), Stanley Hall (1846-1924) e Carl Gustav Jung (1875-1961) não apenas reconheceram a importância de se estudar cientificamente as religiões, como formularam uma parte significativa de suas teorias a partir da compilação de relatos de experiências religiosas e espirituais. Esses autores reconheceram o valor essencial da dimensão religiosa para a compreensão da mente humana, de modo incompatível com o desinteresse e mesmo patologização da religiosidade que se seguiram na psicologia décadas depois.

 

Em 1902, o psicólogo Théodore Flournoy (1854-1920), amigo de Jung e um dos fundadores da psicologia na Suíça, publicou um de seus mais importantes trabalhos, os Princípios de Psicologia da Religião onde resumia e discutia as contribuições de estudos pioneiros nessa área e apresentava os princípios basilares de pesquisa para aqueles que desejassem estudar a religiosidade de um ponto de vista psicológico. Mais de 100 anos depois, sua obra continua a ser citada e debatida em publicações cientificas e congressos. Nas páginas deste livro, os Princípios de Flournoy são analisados criticamente à luz das pesquisas atuais. O que permanece de fundamental e o que poderia ser reavaliado? Como as contribuições de Flournoy e outros pais fundadores podem inspirar as pesquisas contemporâneas em Psicologia da Religião? Ao final, o leitor ainda conta com uma tradução do texto original de Flournoy, disponível pela primeira vez em língua portuguesa.

 

             Sobre o autor:

Foto Everton Maraldi.jpg

Everton de Oliveira Maraldi é professor do Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência  da Religião da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), tendo mestrado, doutorado e pós-doutorado em Psicologia Social pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP). Realizou estágio de pós-doutorado na Universidade de Oxford (SCIO - Scholarship and Christianity in Oxford) e na Universidade de Coventry (Brain, Belief and Behaviour Lab). É membro eleito do conselho administrativo da Parapsychological Association (PA), nos Estados Unidos. Foi laureado pela Academia Paulista de Psicologia (gestão 2013-2015), recebendo o prêmio de melhor tese de doutorado.